por limber, 27 de outubro de 2021

Por que a gestão de custo de insumos agrícolas é tão necessária para a saúde financeira do agronegócio?

Importância da gestão de custos de insumos no agronegócio | Limber

A necessidade de aplicar uma gestão de custos no agronegócio é imensa, principalmente quando falamos sobre redução de gastos e aumento dos lucros. 

Para realizar boas estratégias e tomadas de decisões, é fundamental ter uma gestão de custos precisa e, principalmente, focada em insumos.

Contar com relatórios periódicos em suas tomadas de decisão vai fazer toda a diferença no futuro de sua empresa, por levar mais produtividade ao seu trabalho e diminuir a chance de ter grandes prejuízos. 

Pensando nisso, abordamos neste texto a maneira correta de se fazer uma gestão de custo de insumos e ainda como melhorar esse processo. Continue a leitura!

Como funciona e o que é a gestão de custos no agronegócio?

Muitos fatores devem ser levados em consideração para realizar uma gestão de custos de insumos. Mas, em primeiro lugar, é necessário entender o que ela é:

É caracterizada como um processo administrativo que leva em consideração a análise de todos os gastos e investimentos necessários para a empresa realizar suas tarefas e atingir suas metas de produção.  A gestão de custos ajuda, principalmente, no planejamento estratégico de um negócio, a fim de aumentar a produtividade, diminuir despesas e ter uma boa saúde financeira em seu estabelecimento. 

A gestão de custos então identifica, coleta, mede e classifica os valores atrelados às atividades e investimentos de seu negócio. Tudo isso permite aos gestores planejar melhor as ações, como compras, vendas e revendas agrícolas, além de melhorar o fluxo de caixa.

Ao não realizá-la de maneira correta e precisa, é difícil mensurar o lucro obtido, tanto na agricultura quanto na pecuária, já que são muitos os insumos utilizados por esses dois ramos do agronegócio.

Onde entram os insumos?

A definição de insumos engloba os fatores de produção diretos, como as matérias-primas, e indiretos, como mão de obra, energia utilizada e impostos. 

Dentro dessas categorias, podemos encontrar sementes, fertilizantes, máquinas agrícolas e muitas outras coisas que possuem grande importância para realizar as atividades rurais de maneira correta e eficiente. 

Importância da gestão de custos de insumos no agronegócio | Limber

Além da compra de insumos, muitos outros processos também são contados dentro da gestão, como os cuidados sanitários e operacionais para garantir a qualidade dos produtos e a produtividade dos colaboradores.

Diante disso, a gestão de insumos no agronegócio vai além de diminuir custos, pois também melhora sua posição na competitividade de mercado.

Uma má gestão de insumos agrícolas pode acarretar em diversas consequências para seu negócio. Entre elas, podemos destacar o desperdício ou a falta de matéria-prima e de recursos financeiros nos processos, além, é claro, da incerteza de obter os resultados esperados.

Realizar uma gestão de insumos pode beneficiar muito sua empresa, como na administração dos seguintes fatores:

  • Quantidade correta de matéria-prima
  • Qualidade dos insumos
  • Redução de custos e de estoque
  • Qualidade final dos produtos
  • Análise de custos e receita
  • Controle de máquinas e implementos
  • Controle eficiente de pragas

Adquirir seus insumos de maneira antecipada, assim como organizar o pagamento de seus custos, permite uma maior margem de lucro. Por conta disso, o ideal é realizar o planejamento e a apuração de dados no início da safra, para reduzir danos e prejuízos ao longo do processo.

Como fazer a apuração de custos de insumos?

Chegar ao resultado da apuração de fatores, como o preço de seus produtos, para não causar prejuízo, é uma das maiores preocupações da contabilidade e, para isso, as empresas utilizam um sistema de custeio para descobrir o CMV (Custo de Mercadoria Vendida).

Para ter um CMV sem prejuízos, é necessário entender os diferentes métodos de apuração, que são distribuídos entre custo contábil e custo gerencial.

O custo contábil  determina as transações financeiras feitas pelas empresas e, com essas informações, constrói relatórios sobre a destinação e utilização de verbas. Para fazer isso, alguns métodos podem ser utilizados:

  • Primeiro que entra, primeiro que sai: também nomeado PEPS, esse método utiliza o custo de lote mais antigo no momento de venda até que o estoque esteja esgotado, partindo para o segundo lote mais antigo e etc.
  • Último a entrar, primeiro a sair: chamado de UEPS, esse método, ao contrário do PEPS, utiliza o lote mais recente no momento de venda até que o estoque esteja esgotado.
  • Preço Médio Ponderado: conhecido também como custo médio ou média móvel, ocorre pela aplicação dos custos médios no lugar dos custos efetivos. Ou ainda, o valor de cada item presente no estoque quando o total financeiro é dividido pelo número de mercadorias armazenadas. 

Já com o custo gerencial, os valores levados em consideração vão muito além dos valores de aquisição de mercadoria, também contando valores financeiros ligados à ela, como impostos.

Importância da gestão de custos de insumos no agronegócio | Limber

Esses custos também são apurados em relatórios complexos, contendo período, taxas e critérios de informações para avaliações futuras.

O custo gerencial também conta com diferentes métodos de avaliação, entre eles:

  • Reposição: a última aquisição é a base de análise de custo de insumo e resultado das operações de venda, aqui não é possível analisar se a aquisição veio em maior ou menor quantidade que o estoque atual.
  • Financeiro: aponta os abatimentos financeiros de antecipação do estoque, as cartas de crédito negociadas com o fornecedor, o custo adicionado por manter o estoque pago parado e custos diretos sem destaque fiscal, como carga e descarga.
  • Projetado: nesse método, primeiro a venda ocorre, para depois realizar a compra. Porém, apesar de ser comum, há chances tanto de ganhar, quanto de perder, conforme a efetivação da compra e da entrega de mercadoria.

Você deve encontrar o método que funcione melhor de acordo com a realidade de sua empresa para fazer uma gestão de custos que realmente possa te ajudar.

Como fazer a gestão de insumos?

A gestão de custos pode ser realizada por meio da apuração de valores dos métodos citados anteriormente. Porém, para registrar essas despesas é necessário:

  • Ter um controle de estoque com o registro de tudo o que foi gasto para manter os insumos e os produtos guardados. Você deve ter em mente que controlar os produtos sazonais é diferente de controlar os produtos de demanda de estoque permanente.

Procure anotar todos os itens que você possui, incluindo suas quantidades e valores. Isso te ajudará a saber quanto de estoque tem disponível, até mesmo antes que cheguem novos produtos adquiridos. 

Procure priorizar também, durante as reposições, os produtos mais antigos e com prazos de validade mais recentes.

Importância da gestão de custos de insumos no agronegócio | Limber
  • Pedir para os operadores anotarem o quanto de insumo foi utilizado em cada operação é de extrema importância para saber sobre a rotatividade de seu estoque. Além disso, é necessário saber das particularidades nas transações com fornecedores e na formação de preços de suas mercadorias.

Aqui é recomendado utilizar o preço médio ponderado em sua fórmula (PMP = Valor total do estoque / Número de insumos comprados e armazenados).

  • Ter registrado o custo de serviços de terceiros, manutenção de máquinas agrícolas e outras atividades. 
  • Analise seus resultados para garantir que sua gestão seja eficiente, evite erros e falhas, melhore o que está dando resultado e descarte ou transforme o que não está tendo o efeito esperado.

Mesmo seguindo todos esses passos, a gestão de insumos ainda pode ser melhorada e se tornar algo mais prático para sua propriedade rural. Tudo isso é possível graças à tecnologia no agronegócio.

Como melhorar a gestão de custos de insumos agrícolas?

Muitas coisas podem acabar comprometendo sua gestão de custos, principalmente condições climáticas, falta de mão de obra, sazonalidade da cultura, demanda e até mesmo erros humanos. Porém, existem maneiras de evitar algumas dessas falhas e garantir mais precisão em seus resultados. Confira.

Estoque em locais adequados

Apenas realizar uma boa gestão de custos no papel não é suficiente. Atentar-se para o local e as condições de armazenamento também é algo que deve ser levado em consideração para evitar perdas e controlar melhor seus insumos. 

Leia mais: 5 passos para o controle de estoque em hortifruti 

Mantenha seus insumos livres de pragas e longe da umidade, separe os defensivos que não podem entrar em contato com outros produtos e controle as datas de vencimento.

Converse e negocie com seus fornecedores de insumos

Para ter um estoque de insumos em que não falta e também não sobre produtos ao ponto de estragar, manter uma negociação com seus fornecedores para aceitar prazos, preços e diferentes formas de pagamento é essencial. Antecipar-se é a melhor escolha a ser feita para evitar problemas e não ter seu negócio prejudicado.

Sistema de gestão para agronegócio

A utilização de um sistema de gestão para agronegócio é o principal fator para tornar sua administração de custos de insumos mais fácil e prática, além de diminuir a probabilidade de erros humanos durante o processo.

Leia mais: Como escolher o sistema ideal para o agronegócio?

Sistemas como o da Limber melhoram a rotina do produtor rural pois mapeiam procedimentos, mensuram indicadores de produtividade e ajudam a controlar a produção, a distribuição e o estoque de insumos.

Com esse sistema você ainda obtém:

  • Requisição de compras de insumos
  • Controle de validade e lote de insumos
  • Gestão de transferência
  • Cadastro e controle de múltiplos estoques
  • Auditoria e inventário de estoques de insumos

Falar em agronegócio também é falar de tecnologia, garantir o melhor para sua propriedade rural é fundamental para ganhar destaque na competitividade de mercado e aumentar sua margem de lucro.

Quer saber mais sobre como nosso sistema de gestão para agronegócio pode ajudar sua propriedade rural a melhorar seus processos, garantir mais produtividade e evitar perdas? Então acesse nossa página de sistema para agronegócio e fique por dentro de todos os benefícios.

Importância da gestão de custos de insumos no agronegócio | Limber
Categoria:Agro

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O melhor em gestão empresarial!

A Limber é a solução certa para a sua empresa.

Assine nossa newsletter e receba novidades exclusivas sobre o seu segmento.

Sua informações foram enviadas com sucesso! Em breve nossa equipe entrará em contato.