fbpx

blog

Software

Como o turismo pode se preparar para o pós-pandemia?

17/09/2021

Todos os setores da economia brasileira sofreram impactos desde a chegada da Covid-19 no país. O turismo foi um dos mais impactados negativamente pelas políticas de restrições, cancelamento de viagens e fechamento de fronteiras.

Em dezembro de 2020, a OMT (Organização Mundial do Turismo) informou que no período entre janeiro e outubro do ano passado perdeu-se US$ 935 bilhões de receita em viagens turísticas.

Embora suas atividades gradualmente estejam retornando na medida que avança o processo de vacinação, o setor ainda não atingiu 100% do seu funcionamento. No entanto, muitas empresas de turismo já vem se preparando e se atualizando para receber novos clientes. 

É preciso entender que existem novos hábitos culturais neste pós-pandemia, e procurar se adaptar ao novo cenário do turismo. Entenda mais sobre o assunto conferindo os tópicos abaixo: 

As mudanças pandêmicas no turismo
Qual o horizonte do turismo no pós-pandemia
Tenha um marketing digital estratégico para alavancar suas vendas
Evite a burocracia excessiva dos processos para seus clientes 
Reservas com antecedência devem ser a regra, e não a exceção
O brasileiro quer conhecer o Brasil

As mudanças pandêmicas no turismo

As mudanças pandêmicas no turismo

A transformação digital tem sido observada há alguns anos nas atividades turísticas, mas agora toma proporções sem precedentes. Essa movimentação forçou muitas empresas de pequeno e médio portes a investirem em marketing e numa presença online estratégica. 

A pauta de sustentabilidade também ficou em alta nas discussões, porque muitos biólogos alegam que o surgimento de vírus, se dá pela agressão ao ecossistema. 

As políticas de biossegurança pedem o uso de materiais descartáveis e aumentam a utilização de plásticos de uso único. O que garante a redução da propagação de qualquer tipo de vírus, bactérias, entre outros.

Quem ainda durante a pandemia opta por viajar, escolhe rotas mais curtas e, consequentemente, de menor duração para diminuir a exposição ao vírus. Nesse sentido, também se observa a busca por locais mais ligados à natureza e afastados de aglomerações. 

Saiba mais sobre o assunto no artigo: 

Qual o horizonte do turismo no pós pandemia?

Qual o horizonte do turismo no pós pandemia

O isolamento social criou uma cultura de maior valorização do contato e preservação da natureza. Algumas pesquisas apontam que as pessoas estão mais dispostas a escolherem lugares mais sustentáveis para visitarem, que tenham uma preocupação com questões socioambientais, de contato com a natureza.

Outra mudança de comportamento do cliente é a predileção por viagens que possam combinar trabalho e lazer. Visto que o trabalho remoto é uma realidade que foi bastante acelerada pela pandemia e para muitas profissões veio para ficar.

Algumas ações que se pode adotar para se adaptar a esta nova realidade mais digital, são: 

  1. A inclusão de check-in e check-out digitais.
  2. A identificação digital dos viajantes.
  3. O pagamento por aproximação.
  4. O uso de internet das coisas, realidade virtual e inteligência artificial.

Para saber mais sobre essa nova realidade, confira os artigos:

Tenha um marketing digital estratégico para alavancar suas vendas

No mundo dos negócios, o marketing digital ganha destaque quando se fala em captação de clientes e aumento de vendas. E realizar esse tipo de investimento é essencial para empresas de turismo. 

De maneira geral, podemos separar seu marketing digital em duas partes:

Nas redes sociais

O Facebook e o Instagram são ótimos para o ramo de turismo. Mas não se trata apenas de criar conteúdos com fotos bonitas e atrativas. É importante mostrar que sua empresa é realmente confiável e que promove bons momentos para os seus clientes. 

Uma boa maneira de mostrar isso é através da prova social, ou seja, com os depoimentos dos seus clientes. 

Isso pode virar um vídeo do cliente falando como ele se sentiu, uma foto no feed ou nos stories relatando a experiência.

Lembre-se de pedir para que os seus clientes marquem você em algumas fotos, e não esqueça de replicar este conteúdo nas suas redes sociais. 

Além disso, outras práticas devem ser adotadas por você para garantir que seu perfil gere engajamento nas redes sociais. 

  1. Mantenha a frequência nas postagens. O ideal é que sejam feitas ao menos 3 no seu feed, semanalmente, e nos stories diariamente. 
  2. Estude seus resultados para entender que tipo de conteúdo funciona melhor em cada rede social. Avalie o número de curtidas, envios, salvamentos e comentários. 
  3. Responda todos os comentários e mensagens enviadas para o seu perfil evitando longas esperas. Afinal de contas ninguém gosta de esperar.
  4. Fale sobre as promoções e oportunidades imperdíveis para o seu público. 

Nas ferramentas de busca online

O Google é uma gigante que recebe milhares de pesquisas todos os dias. Dentre elas, estão pessoas procurando por bons preços em passagens aéreas, pacotes turísticos, hotéis e afins. 

Seu site ou blog deve estar preparado para aparecer nas buscas. Por isso, estude que tipo de pesquisas seu público têm realizado, e quais as tendências deste ano. Para isso, você pode usar o Google Trends

Evite a burocracia excessiva dos processos para seus clientes 

Políticas de cancelamento e reembolso devem ser objetivas e livres de excesso de  burocracias. Lembre-se de que muitas pessoas acabam tendo que postergar viagens por motivos como a saúde ou o trabalho.

Por isso, permita que as datas de entradas para o seu estabelecimento sejam alteradas sem taxas extras, ou com taxas de valor baixo.  

E lembre-se: o foco em um atendimento atencioso e humanizado é a chave para fidelizar clientes. 

Reservas com antecedência devem ser a regra, e não a exceção

No pós-pandemia, acredita-se que a procura por reservas antecipadas em hotéis deva aumentar exponencialmente. Mas não apenas por uma questão de organização dos seus clientes! 

Com as medidas sanitárias exigidas pelos órgãos de saúde, até o retorno à normalidade, os hotéis, pousadas e etc, devem garantir um número reduzido de vagas, incentivando a busca antecipada pela reserva.

O brasileiro quer conhecer o Brasil

Segundo o site SEGS, as viagens dentro do próprio país são a primeira opção para 54% dos participantes da pesquisa. Em seguida, a Europa (19%), depois a América Latina (13%), América do Norte (9%) e Ásia (2%).

Os destinos de praia ocupam de forma arrebatadora a preferência, com 39% das respostas, enquanto cruzeiros e destinos religiosos foram as alternativas menos escolhidas, com apenas 1% cada.

Outras opções incluem viagens culturais (18%), ecoturismo e contemplação (13%), urbanas (12%), aventura (6%), gastronomia e vinhos (6%) e, por fim, esqui (2%).

Essa tendência é favorável pois seu estabelecimento, sendo um ponto turístico, pode entrar na lista de lugares que essa pessoa pretende visitar.

Conclusão

A volta das atrações turísticas e das viagens está acontecendo gradualmente e aumentando cada vez mais. E para isso o seu negócio deve estar preparado.  

Parques, aquários, zoológicos e outros pontos turísticos Brasil afora precisam estar atentos às diretrizes de saúde para que seu estabelecimento se mantenha aberto, aproveitando para receber brasileiros e turistas de outros países. 

Para modernizar seu estabelecimento e garantir modernidade para seus clientes e para sua gestão, conte com as soluções da Limber Software para turismo! Com ele você conta com soluções como:

  • Totens em três idiomas (português, inglês e espanhol)
  • Integração com o software de retaguarda com consulta imediata pós-vendas
  • Serviços de bilheterias e alimentação

Tudo isso e muito mais, com baixo custo de implantação. Conheça agora mesmo tudo o que o sistema pode fazer por você! 

Conteúdos relacionados

Simplifique processos na sua empresa com...

quero ler

Demanda e estoque: por que elas...

quero ler

Quais são os indicadores de desempenho...

quero ler

Formulário de newsletter